…Informação para Refletir e Crescer…

Arquivo para fevereiro, 2012

Acertando… e Evoluindo!

Anúncios

O Senhor nos disciplina em Amor

Texto Bíblico: Hebreus 12.7-8: “Suportem o sofrimento com paciência como se fosse um castigo dado por um pai, pois o sofrimento de vocês mostra que Deus os está tratando como seus filhos. Será que existe algum filho que nunca foi corrigido pelo pai? Se vocês não são corrigidos como acontece com todos os filhos de Deus, então não são filhos de verdade, mas filhos ilegítimos“.

Reflexão: Não há como entender de outra forma, o escritor bíblico se refere à disciplina como um sofrimento que devemos viver com paciência, pois o Senhor está trabalhando a nossa natureza. A pergunta que teríamos de responder é: seria um sofrimento para nós ser corrigido pelo Senhor? Com todas as letras destacadas, eu afirmo que sim. Por mais absurda que possa ser esta resposta, existe um sofrimento intenso na disciplina que o Senhor nos impõe. Nós fomos criados para viver em sua presença, mas o pecado nos afastou completamente desta comunhão. Assim, para que possamos retomá-la, será necessário desfazer “os jardins” que criamos para poder sobreviver longe do Pai. Não é algo fácil, muito menos simples, porque temos a irreal crença de que podemos viver segundo os nossos próprios desejos. Entretanto, por melhor que seja a nossa vida, sempre teremos a impressão de que esta poderia ser melhor e de que existe algo fora do normal. O Senhor usa da disciplina para que a nossa natureza seja transformada pelo poder da graça, de forma que sejamos, a cada dia, mais parecidos com Jesus. Este é um processo longo, que exige de nós paciência e muita perseverança, porque é um trabalho para vida toda. A obra do Senhor só terminará em nossa vida, no dia de Cristo Jesus e até que este dia se concretize em nossa vida, precisamos enfrentar todas as lutas, missões e desafios, com paciência, esperando pela direção que o Espírito Santo nos dá. Disciplina significa aprendizado, correção, direção e ninguém que passa por este processo sem sofrimento. Nós aprendemos para mudar a nossa percepção de todas as coisas, inclusive de nós mesmos. Existe correção em nossa vida para que os erros, enganos e desvios que andemos possam ser revistos. E o Senhor nos dá direção para que possamos andar em sua vontade. Mesmo que seja pelo Senhor, nenhuma destas condições será por nós enfrentada sem dor, ansiedade e angústia pelo que poderemos perder e/ou sofrer. Mas só quando o Senhor nos disciplina, poderemos ser considerados seus filhos, porque o faz por amor.

Oração: Senhor amado tem misericórdia de nós e não permita que a tua mão seja pesada contra nós. Que a tua disciplina possa corrigir os nossos caminhos e nos dirigir em toda nossa vida, mas que nunca permita que a tua misericórdia se ausente de nós. É o que oramos em nome de Jesus Cristo.  Amém!

#Percepção

O poder do inimigo é ‘deste tamanhinho‘ comparado ao tamanho do poder de Deus.

Um dia de Cada Vez…

Eu não tenho muitas respostas… o que eu tenho é FÉ. E uma vontade bonita, toda minha, de Crescer.

Felicidade…!!!

Você possui apenas uma vida

                    e nela só se tem uma chance de fazer aquilo que quer.

                              Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.

                                       Dificuldades para fazê-la forte.

                                        Tristeza para fazê-la humana.

                              E esperança suficiente para fazê-la feliz.

                                                    Clarice Lispector

Essa tal maturidade…

A maturidade me permite olhar com menos ilusões,aceitar com menos sofrimento,entender com mais tranqüilidade,e querer com mais doçura.”

Lya Luft 

…Pela Fé Ministramos a Reconciliação…


Texto Bíblico: Hebreus 11.31: “Pela fé, Raabe, a meretriz, não foi destruída com os desobedientes, porque acolheu com paz aos espias”.

Reflexão: Quantas vezes tentamos julgar as pessoas pelo seu passado? Muitas vezes, mesmo enxergando sinais de regeneração na vida destas pessoas, continuamos a imputar culpa e condenação em sua vida. Porém, nenhum de nós tem o direito de estabelecer qualquer julgamento à vida de quem quer seja, porque julgar é um ato exclusivo de Deus. Nosso julgamento não pode ser considerado verdadeiramente justo, por mais evidências que tenha a nosso favor, porque parte de um princípio equivocado: também somos pecadores. Raabe foi considerada justa por Deus, porque creu no testemunho daqueles homens e os escondeu da fúria do povo de Jericó. Tantas vezes, negamos a palavra de Deus às pessoas apenas porque achamos que elas nunca mudarão; que não crerão da mesma forma que nós cremos. É verdade, se nós entendermos que as mudanças de suas vidas baseiam-se apenas no que cremos e em nossa própria concepção de Deus, elas não serão transformadas, porque, geralmente o nosso julgamento de quem merece ou não a salvação, é completamente falho. Antes de qualquer julgamento, devemos compreender o princípio que rege a relação do mundo com Deus. Existe sempre um desejo do ser humano de se encontrar com Deus. Buscamos formas e apresentações que possam simbolizar esta presença em nossa vida. Entretanto, até que nos defrontemos com o Deus vivo, não conseguiremos estabelecer esta comunhão. O Senhor deseja que os homens se reconciliem com Ele através de Cristo Jesus. Raabe compreendeu os sinais que manifestavam a presença de Deus no meio do povo de Israel. Desta forma, através de seu ato de coragem, protegeu aqueles homens da fúria do povo. Apesar de sua condição, a não destruição desta mulher mostra que este é um ato exclusivo de Deus e só Ele pode saber quem são aqueles que estarão em Sua presença. A nós, cabe a missão de, pela fé, pregar o Evangelho, sendo oportuno ou não, acreditando na promessa do Senhor de que a Sua palavra nunca voltará vazia. A conversão desta mulher foi tão importante, que ela tornou-se ancestral do Senhor Jesus. Portanto, devemos estar conscientes de nosso papel como ministros da reconciliação deste mundo com Deus, lutando sempre pela concretização da promessa d’Ele, de que fará novas todas as coisas, porque Ele é o Deus do impossível.

Oração: Senhor Jesus, dá-nos a fé suficiente para sempre acreditar na sua graça e misericórdia e nunca em nossa própria concepção e julgamento. Que tu sempre nos surpreendas para que a nossa fé aumente a cada dia em teu amor. É o que oramos em teu nome. Amém!

O Maná do Senhor

Rev. Fred Souto+