…Informação para Refletir e Crescer…

Arquivo para dezembro, 2010

**FeliZzZ Ano Novo – 2011!!**

Travessia…

Obrigada

amigas e amigos que também tornam-se irmãos: (na ordem alfabética pra não gerar ciúme kkk) Ana Luiza, Ana Verônica, Andrea, Andreza, Camilo, Cláudio, Diogo, Gustavo,Gisele,  Hugo, Ismael, Manu, Marcinho, Marcelo, Mercês, Mônica Eliza, Nathália,Paulinha , Rodrigo, Robertinha, Simone, Socorrinho, Thiago, Tati.

A todos que fazem a PAES- http://www.paesonline.org.br/ (Paróquia Anglicana do Espírito Santo) e em especial aos meus pastores Miguel, Jaison, Ricardo.

A todo o CR- http://cr-recife.blogspot.com/  que me ensinou a cuidar ainda mais de mim, e a expandir esse cuidado ao outro, através de oração, palestra, atendimento na cantina, e no servir a Deus da forma que for preciso.

Aos meus familiares Mãe(Izabel), Pai(Ozeas), Madrinha (Adriana) Padrinho (Aldermann), irmãos e irmãs! A Lígia, Letícia, Miriam, Rose, Ruth, Pitter. A sogra (Ana Mary) ao sogro (Ednaldo) , aos cunhados (Kelsen e Kleden), a concunhada (Maria Antônia), a Ana Lúcia, João, Jonathan, Amanda! As primas : Renata e Fernanda!

Colegas de trabalho e de cursos !

E a você Marido (Kleydson), por toda contribuição que tiveram nessa minha travessia de 2010. Tudo foi válido! Tudo teve seu aprendizado. E por isso, tudo foi importante pra mim.

Chegar em 2011 cheia de amor, de carinho, de esperança, de Fé, reconhecendo e respeitando alguns limites em mim e no outro, me dá uma alegria imensa! Porque? por constatar que sai do lugar!!!

Tô indo além… da minha visão, com a ajuda da visão de vocês e com a direção de Jesus em minha vida!

Glória Deus pela vida de cada um de vocês!!! Oro para que a saúde – física, emocional e espiritual esteja sobre cada um, todos os dias de 2011. E que a sabedoria seja companheira diária. Que a prosperidade venha ser fruto de algo maior do que o “poder” e o “status” e que com isso, a Paz reine entre vocês e toda a família de cada um citado ai em cima, em nome de Jesus!AMÉM!

Oração: Querido Deus, que o teu Espírito Santo dirija os nossos pensamentos, vontades e sonhos de forma que consigamos viver sob a tua direção sempre. Que a tua verdade nos liberte, a tua palavra alimente a nossa fé e a tua vontade conduza o nosso coração. É o que te pedimos em nome de Jesus. Amém!

Anúncios

Receita de Trufa de Chocolate *.*

Tempo de preparo: 10 minutos
Tempo de cozimento: 12 minutos
Rendimento: 40 trufas

Ingredientes:

Trufas de chocolate
1 ½ xícara de chocolate amargo picado de boa qualidade (375 ml)
1 xícara de creme de leite com 35% de gordura (250 ml)
1 vagem de baunilha sem sementes
1 xícara de noz-pecã (250 ml)
½ xícara de xarope de bordo (125 ml)

Cobertura
1 xícara de chocolate amargo de boa qualidade derretido (250 ml)
1 xícara de flocos de bordo (250 ml)

Modo de preparo:

Trufas de chocolate
Em uma panela, torre as nozes-pecãs em temperatura média, mexendo continuamente por 2 minutos até começar a sentir seu aroma. Diminua a temperatura ao máximo e adicione o xarope de bordo. Cozinhe por 10 minutos até o xarope começar a cristalizar ao redor das nozes-pecãs, mexendo sem parar. Deixe esfriar sobre papel manteiga.

Coloque o chocolate em uma vasilha média e reserve. Em uma panela, aqueça por cerca de 5 minutos o creme de leite com a vagem de baunilha em fogo médio-baixo até abrir fervura. Derrame o creme de leite quente sobre o chocolate. Misture até ficar completamente uniforme. Pique grosseiramente as nozes-pecãs caramelizadas com xarope de bordo e as adicione à mistura de chocolate.

Coloque a vasilha com a mistura de chocolate em água fria. Com uma espátula, misture continuamente por 5 minutos, em seguida, deixe na geladeira por 10 minutos. Após a mistura ter esfriado, remova da geladeira. Usando luvas de borracha e duas colheres, retire pedaços do chocolate e enrole com as mãos. Use as colheres para passar cada bolinha no chocolate derretido e depois nos flocos de bordo. Disponha as trufas em uma assadeira coberta com papel manteiga.

Deixe esfriar por 1 hora até solidificar. Preparo antecipado: é possível fazer com 1 semana de antecedência. Armazene em recipientes fechados hermeticamente e mantenha resfriado. Deixe em temperatura ambiente por 1 horas antes de servir.
fonte : http://gnt.globo.com/receitasdechuck/Receitas/Receita–trufas-de-chocolate.shtml

Dica de Esmalte 3D

Minha mais nova invenção! 2 cores de esmalte! Achei linda todas duas, e ambas com cara de Reveillon! Então… Me rendi as duas! kkkkk

Fica aqui os escolhidos como dica de beleza e  d.i.v.e.r.s.ã.o!

# Cansaço que adoece…

Que legado você esta deixando ?!

Assisti o filme TRON- no cinema, e a mensagem que ficou foi interessante! Me perguntei – que legado os pais estão deixando pra seus filhos!? E por sua vez, que legado esses filhos estão deixando ou estão planejando deixar para seus filhos?!

#O fascínio das calorias

Nova pesquisa revela o que o valor energético dos alimentos ativa o sistema cerebral da recompensa tanto quanto o sabor, desencadeando o desejo por determinadas comidas; descobertas devem ajudar no combate à obesidade.

De forma geral, nossa incapacidade de renunciar a alimentos que tanto nos recompensam, derrota o controle homeostático, contribuindo para o surgimento da obesidade.

A pergunta é : O sistema de recompensa da dopamina se ocupa também das calorias, ou somente do gosto e do prazer, como durante muito tempo se pensou?

Na universidade de Duke, o pesquisador brasileiro Ivan de Araujo e um grupo de colegas tentaram descobrir isso usando uma linhagem de ratos geneticamente modificados para que não tivessem um receptor específico, sem o qual não é possível sentir sabores doces. Os resultados mostraram que qualquer mudança no comportamento de recompensa desses animais não poderia ser atribuída à percepção do sabor. Se os roedores preferissem as comidas doces, não seria por causa do gosto, mas porque esses alimentos têm mais calorias, o que traria satisfação independentemente da sensação despertada no paladar.

Há muito se sabe que comer não é apenas um modo de se manter vivo e aplacar a fome, mas também um meio de comunicação e forma de obter prazer. A equação “alimento = afeto” está tão consolidada que, se os filhos comem pouco, é comum que os pais se sintam culpados. E muitos conflitos emocionais se revelam na forma de sintomas vinculados aos hábitos alimentares. Experiências da infância associadas à alimentação costumam deixar fortes marcas, tanto que a maior parte das pessoas fica ligada a sabores e alimentos aos quais foi habituada.

Além disso, os ritos à mesa favorecem a coesão social e por isso mesmo as diferenças culturais são tão evidentes e significativas nesse campo. É difícil encontrar, por exemplo, um italiano que queira comer pasticcio de rim, um prato comum entre os ingleses. Já os chineses são loucos por pés de frango, a parte da ave menos valorizada pelos brasileiros.

Para os americanos, os mexilhões são moluscos repugnantes. Essas e outras preferências são resultados de aprendizagens precoces embasadas na imitação.

A primeira fonte de informação é a família, mas assim que vão para escola as crianças começam também a observar comos os colegas se alimentam. Agir como os outros – comer e beber como eles – significa integrar-se ao grupo – empenhar-se para não ser excluído.

Fonte : Roberto Epstein – professor de Psicologia e pesquisador da universidade de Harvard. É também editor-colaborador da Scientific American Mind e ex-editor excutivo da Psychology Tody.

De onde vem o tédio?

Entediado? é possível que algumas partes do seu cérebro estejam desconectadas. Pelo menos é o que diz o neuricientista Daniel Weissman, da Universidade de Michigan em Ann Arbor. O pesquisador observou que quando nos cansamos de executar uma tarefa ou de prestar atenção a um acontecimento, colocamos parcialmente “em repouso” algumas áreas cerebrais, diminuindo a atividade de comunicação. Para chegar a essa conclusão Weissman pediu a um grupo de voluntários que cumprissem uma tarefa longa e repetitiva de identificação de letras enquanto passavam por um exame de ressonância magnética. Os períodos nos quais a velocidade de resposta ficava mais lenta, indicavam diminuição da atenção. Paralelamente, o cientista observou uma diminuição significativa da comunicação entre as áreas cerebrais ligadas ao autocontrole, visão e linguagem.

“É como se a atenção fosse um lubrificante para a troca de ‘informações’ entre as áreas cerebrais”, explica Weissman. Segundo ele, a atenção funciona como um amplificador da comunicação entre várias regiões cerebrais, que sempre seleciona determinadas áreas e conexões. Outro dado importante dessa pesquisa é a ativação de uma zona específica do cérebro quando ocorre uma queda de atenção: futuramente, esta área poderá ser usada como um indicador para prevenir os acidentes provocados pela distração.