…Informação para Refletir e Crescer…

Certa vez um vagalume chamado Spai, voava pela floresta e, como de costume, ele percorria determinado caminho para ir para casa. No meio do caminho Spai notou a presença de outro animal, porém não deu muita atenção, pois se tratava de uma cobra, um bicho que nunca o incomodara. Então, Spai continuou a voar e percebeu que a cobra começou a segui-lo. Quanto mais rápido Spai voava, mais rápido a cobra o seguia. E em determinado momento Spai cansou-se de voar em alta velocidade e, vendo que a cobra estava cada vez mais perto, resolveu parar e enfrentar a sua desafiante. A cobra demonstrava raiva e deixava clara a intenção de devorá-lo simplesmente. Então, Spai que já estava muito cansado e vendo que seria devorado pela cobra, pediu um minutinho antes do ataque e perguntou: -Por que tu me segues? Porque tu queres me matar? A cobra respondeu: -Não sei. Spai então falou: -Eu nem faço parte da sua cadeia alimentar. Eu não te fiz nada. Spai, mesmo assim, vendo que seria devorado, lhe fez a última pergunta: -Afinal de contas, por que tu queres acabar comigo? Por que me seguiste e agora queres me matar? A cobra enfim respondeu: -Ora vagalume, eu odeio ver alguém brilhar na minha frente. E, quando a cobra foi atacá-lo, Spai apagou a sua luz por um momento e conseguiu esconder-se da cobra invejosa. Spai tomou outra direção e sobreviveu, mas teve que apagar seu brilho por instantes. Entre os humanos também é assim: Tem gente que não suporta ver os outros brilharem. Fonte: vilamulher.terra.com.br

Se você conhece alguém que se comporta na sua vida como cobra, recomendo que você ore muito por essa pessoa! Que em sua prece, interceda pela pessoa desejando que ela tenha sabedoria e entendimento o sufienciente pra entender que cada ser é de um jeito. E que mesmo tendo nascido cobra, a pessoa pode ter seu brilho. Que nosso Senhor Jesus possa ser a Luz … o caminho … e a verdade  dessa pessoa !

Pois Deus fez todos os seres diferentes e cada um tem sua importância exatamente com as características quem tem. É necessário se aceitar como é, pra poder se amar de verdade. E quando a gente se ama de verdade, fica mais fácil aceitar o outro na sua diferença, e muitas vezes na sua indiferença.

Deus é amor, se pensamos e agimos em amor, com nós mesmos e com o outro, já estamos em um caminho agradável aos Céus.

About these ads

Comentários em: "Texto Reflexivo sobre Inveja – A cobra e o vagalume" (4)

  1. [...] Texto Reflexivo sobre Inveja – A cobra e o vagalume março, 2010 2 [...]

  2. Nathan disse:

    Assim que eu li o trecho “Ora vagalume, eu odeio ver alguém brilhar na minha frente” eu percebi que esse era o texto que eu realmente precisava ler na tribuna no meu colégio. Pois ele relata com uma maneira simples e bastante objetiva a realidade do nosso dia-dia e serve de incentivo para que todos possam vencer as barreiras da vida.
    Agradeço muito pela escrita.
    Cordialmente,
    Nathan Lopes

  3. Tannia disse:

    Eu gostei muito,pois relatar de algo que vivenciamos todos os dia no trabalho e em qualquer,xo cobra olha jesus cristo ai minha gente.

  4. Eu amei BIXA, fiquei chocada, menina fuquei ROSA CHICLETE, hahahahah’.
    Beeeeeeeeeeeeeijo linda, adoreei, obg..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 73 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: